Um treino pra chamar de seu

19 Aug

Hoje era pra eu treinar membros superiores, mas como amanhã é dia de pesar (e preciso muito emagrecer!) achei melhor apostar em um treino matador é que queimasse o máximo de calorias, mesclando Hiit, circuito funcional e exercícios localizados sem peso, mas fazendo várias repetições (até queimar!).

No final montei um treino de 60 minutos que ficou a minha cara e que realmente foi matador. Suei em bicas, tremi de tanto que meu músculo foi a exaustão e até dei aqueles gritos que os halterofilistas dão, pois realmente dei o máximo de mim. 

O resultado foi aquela sensação maravilhosa de “eu consegui!”. Terminei o treino com um sorriso no rosto, a roupa completamente molhada e o rosto roxo. Missão cumprida.

Essa é a beleza de montar seu próprio treino. Por pior que ele seja, ele é seu e é questão de honra vc fazê-lo até o fim. Fora que com o treino personalizado vc consegue colocar os exercícios que sabe que fazem mais efeitos pra vc, pois quem gosta de malhar e já malha há algum tempo sabe exatamente quais são os melhores exercícios. Só não vale se enganar e montar um treino fraco. 

Mas se vc acha que ainda não está pronto pra montar seu próprio treino matador, aposte nessas dicas:

1) Divida seu treino em partes (3 a 5 partes, de 10 a 25 minutos cada), onde cada parte deve funcionar como um treino completo. Isso torna o treino mais dinâmico, pois vc mudará o estímulo constantemente e não enjoará.

2) Busque mesclar estímulos diferentes: aeróbico, musculação, funcional, etc. Assim, vc trabalha seu corpo por completo. O ideal é mesclar um ciclo de exercícios mais intenso com um mais “light”, te permitindo chegar até o final.

3) Não treine sem um cronômetro, música e água. O cronômetro te guiará, a música te dará motivação e a água não deixará que vc se desidrate (principalmente se estiver fazendo calor e vc treinar ao ar livre).

Tá meio sem ideia? Segue meu treino de hoje pra inspirar então:

1° parte – 20 minutos de Hiit na esteira (1,15 minutos de intensidade moderada pra 1 minuto de alta intensidade)

2° parte – 20 minutos de exercícios de musculação com ênfase em membros superiores combinados com exercícios aeróbicos (3 séries de 1 minuto de cada, sem intervalos – ex: triceps na polia combinado com boxe, flexão combinada com jump e puxada aberta combinada com corda)

3° parte – 10 minutos de circuito funcional (4 movimentos, 20 segundos cada e com intervalo de 10 segundos entre eles –  burpees, mountain climber, corrida alta e polichinelo)

4° parte – 10 minutos de circuito para membros inferiores (fiz cerca de 10 exercícios, todos sem peso, de 20 a 30 repetições de cada, sendo que a maioria era unilateral – afundo com salto, afundo com chute, agachamento com salto, agachamento sumô, gluteos 4 apoios, glúteo “cachorrinho”, stiff unilateral, elevação de quadril e frog jump)

Já deu pra sentir que foi pesado, né? Mas como estava motivada e com pique, fiz tudo certinho e fui até o final sem choramingar.

Agora é a sua vez! Vc já tem as dicas então pegue um papel e uma caneta e monte seu treino de amanhã.

Mas atenção!!!! Não monte seu próprio treino se vc é iniciante e não sabe como executar perfeitamente os movimentos. Esse tipo de treino pode ser mto perigoso se vc não estiver preparada para ele. Se é seu caso, prefira pedir que o instrutor da sua academia monte um treino pra vc. 

Antes da forma física está sua saúde e um treino mal feito pode levar a uma contusão que pode te tirar da ativa por muito tempo. Daí o tiro sai pela culatra!

Um treino pra chamar de seu

19 Aug

Hoje era pra eu treinar membros superiores, mas como amanhã é dia de pesar (e preciso muito emagrecer!) achei melhor apostar em um treino matador é que queimasse o máximo de calorias, mesclando Hiit, circuito funcional e exercícios localizados sem peso, mas fazendo várias repetições (até queimar!).

No final montei um treino de 60 minutos que ficou a minha cara e que realmente foi matador. Suei em bicas, tremi de tanto que meu músculo foi a exaustão e até dei aqueles gritos que os halterofilistas dão, pois realmente dei o máximo de mim. 

O resultado foi aquela sensação maravilhosa de “eu consegui!”. Terminei o treino com um sorriso no rosto, a roupa completamente molhada e o rosto roxo. Missão cumprida.

Essa é a beleza de montar seu próprio treino. Por pior que ele seja, ele é seu e é questão de honra vc fazê-lo até o fim. Fora que com o treino personalizado vc consegue colocar os exercícios que sabe que fazem mais efeitos pra vc, pois quem gosta de malhar e já malha há algum tempo sabe exatamente quais são os melhores exercícios. Só não vale se enganar e montar um treino fraco. 

Mas se vc acha que ainda não está pronto pra montar seu próprio treino matador, aposte nessas dicas:

1) Divida seu treino em partes (3 a 5 partes, de 10 a 25 minutos cada), onde cada parte deve funcionar como um treino completo. Isso torna o treino mais dinâmico, pois vc mudará o estímulo constantemente e não enjoará.

2) Busque mesclar estímulos diferentes: aeróbico, musculação, funcional, etc. Assim, vc trabalha seu corpo por completo. O ideal é mesclar um ciclo de exercícios mais intenso com um mais “light”, te permitindo chegar até o final.

3) Não treine sem um cronômetro, música e água. O cronômetro te guiará, a música te dará motivação e a água não deixará que vc se desidrate (principalmente se estiver fazendo calor e vc treinar ao ar livre).

Tá meio sem ideia? Segue meu treino de hoje pra inspirar então:

1° parte – 20 minutos de Hiit na esteira (1,15 minutos de intensidade moderada pra 1 minuto de alta intensidade)

2° parte – 20 minutos de exercícios de musculação com ênfase em membros superiores combinados com exercícios aeróbicos (3 séries de 1 minuto de cada, sem intervalos – ex: triceps na polia combinado com boxe, flexão combinada com jump e puxada aberta combinada com corda)

3° parte – 10 minutos de circuito funcional (4 movimentos, 20 segundos cada e com intervalo de 10 segundos entre eles –  burpees, mountain climber, corrida alta e polichinelo)

4° parte – 10 minutos de circuito para membros inferiores (fiz cerca de 10 exercícios, todos sem peso, de 20 a 30 repetições de cada, sendo que a maioria era unilateral – afundo com salto, afundo com chute, agachamento com salto, agachamento sumô, gluteos 4 apoios, glúteo “cachorrinho”, stiff unilateral, elevação de quadril e frog jump)

Já deu pra sentir que foi pesado, né? Mas como estava motivada e com pique, fiz tudo certinho e fui até o final sem choramingar.

Agora é a sua vez! Vc já tem as dicas então pegue um papel e uma caneta e monte seu treino de amanhã.

Mas atenção!!!! Não monte seu próprio treino se vc é iniciante e não sabe como executar perfeitamente os movimentos. Esse tipo de treino pode ser mto perigoso se vc não estiver preparada para ele. Se é seu caso, prefira pedir que o instrutor da sua academia monte um treino pra vc. 

Antes da forma física está sua saúde e um treino mal feito pode levar a uma contusão que pode te tirar da ativa por muito tempo. Daí o tiro sai pela culatra!

Treinos rápidos e matadores

18 Aug

A maioria das pessoas com quem converso sobre atividade física se surpreendem quando digo que algumas vezes por semana faço treinos de apenas 30 minutos, principalmente as mulheres. Noto que elas ficam com uma cara de “nossa, deve ser um treino bem fraco”.

Mas essa ideia de que é preciso passar horas na academia pra conquistar bons  resultados é bem ultrapassada. Eu diria que é uma ideia da época em que a Jane Fonda arrasava nos vídeos de aeróbica.

Exercícios focados pra cada objetivo, rápidos e intensos, causam muito mais impacto em nosso corpo do que horas e horas de exercícios de baixa intensidade.

O Hiit por exemplo, não tem como fazê-lo por um período muito longo e ao mesmo tempo é uma das melhores armas pra se queimar gordura e deixar o metabolismo a mil (veja post à respeito: O Hiit do momento).

Pra quem quer ganhar massa o mesmo princípio é válido: melhor fazer treinos curtos de 30-40 minutos, que sejam intensos e bem direcionados, do que treinos de 1 hora ou mais pra diversos grupos musculares ao mesmo tempo. Fora que passar muito tempo malhando pode levar ao catabolismo, que nada mais é que a perda de massa magra.

Então se vc já se convenceu de que treinos curtos podem ser efetivos, seguem abaixo 3 opções bem legais, em forma de circuíto.

Pra quem gosta de pegar pesado, use pesos. Se vc quer apenas fortalecer e acelerar o metabolismo, faça sem pesos. Garanto que vc vai suar do mesmo jeito.

Ficou faltando um treino específico pra membros superiores. Amanhã pretendo testar um que parece ser bem legal. Se eu gostar, eu posto aqui.

    
   

   

Você é obcecado por dieta?

18 Aug

Se vc já teve aquela sensação de que só pensa em assuntos relacionados a dietas e exercícios, passa horas na internet pesquisando sobre o assunto, adora ver fotos dos “Antes e Depois” das pessoas que passaram por algum programa de emagrecimento, sente super culpado quando sai da dieta (inclusive sonha que está se acabando de comer e se sente aliviado quando acorda) e fica ansioso durante o dia calculando calorias e pensando em que exercício fará no dia seguinte…Parabéns! Vc é um obsessivo por dieta assim como eu.

Somos muitos nesse mundo. Alguns sofrem mais, outros menos, mas o lema “No Pain No Gain” parece estar na boca de todos. Eu que o diga! Atualmente, só consigo melhorar meu corpo com muito sofrimento e as vezes nem assim! 

Os obsessivos também tem em comum essa persistência. Eles podem até escorregar, mas sempre se levantam, afinal, a vontade de ser belo e magro (e nesse caso um é sinônimo do outro) é maior que qualquer deprê ou desanimo por ter ganhado uns quilos na balança. 

Ahhhhh a balança. Melhor amiga/inimiga dos “dieteiros”. Nenhum obsessivo que se preze consegue viver sem ela. Oh praga maldita! Vc sabe que tá inchada e vai lá se pesar, como se quisesse se punir. Óbvio que numa segundona, depois daquele final de semana matador, seu peso vai estar lá em cima. Óbvio! É matemática pura e não tem como ser diferente. Mas vc vai lá e se pesa, só pra confirmar o que vc já sabe: que vc poderia ter mais força de vontade e que vai ter que começar uma nova dieta.

Outra coisa engraçada dos obsessivos compulsivos por dieta e boa forma é que quando eles chegam no ponto que querem, mudam os objetivos rapidinho, porque a parada é querer o impossível e morrer tentando. 

No meu caso, quando eu chego no peso que eu quero, fico achando que a balança tá errada. Ou então fico tão contente que relaxo da dieta e engordo tudo rapidinho. Manter parece ser a coisa mais difícil do mundo. Praticamente uma missão impossível.

Mas o cúmulo da obsessão é vc deixar de fazer algum programa com os amigos ou mesmo familiar pra poder seguir a dieta sem possibilidades de qualquer deslize. Eu, por exemplo, já recusei diversos programas por causa disso. Quando faço dieta low carb fico até nervosa quando meu marido sugere de ir a um restaurante italiano ou quando tenho algum evento da empresa onde a única coisa que tem pra comer são salgadinhos, salada de frutas e bolos cheios de recheio. 

Uma vez fui a um evento noturno representando minha empresa e quase morri de desespero porque estava de dieta (como sempre!) e não tinha nada pra comer, NADINHA, que a dieta permitisse. Sabe o que aconteceu? Depois de colocar o primeiro salgadinho na boca (era isso ou desmaiar) eu fiquei tão frustrada por ter estragado minha dieta que mandei tudo pra pqp e me enfartei de tanto comer.

Esse caso me fez lembrar da última e principal característica dos obsessivos compulsivos e alucinados por dieta: ou é tudo ou é nada! 

Um dieteiro de carteirinha não suporta o fato de “sujar” sua dieta. Se cometeu um deslize, acha melhor jogar tudo pro alto e comer até dizer chega, afinal, no dia seguinte pode começar uma dieta ainda mais radical que a anterior. O problema é quando isso acontece toda a semana e o peso perdido nunca compensa as jacadas. O peso começa a subir, subir, subir…. Eu tô nessa fase agora, mas já tomei minhas providências pra voltar aos trilhos. Uma dieteira de carteirinha como eu sempre tem um plano infalível pra contornar os momentos de crise!

Se vc se identificou com esse post, pelo menos dá um like, comenta, compartilha. Meu blog tá bombando de acessos, mas ninguém comenta nada. Quem sabe não juntamos os dieteiros de plantão e fazemos um desafio da dieta. Quem emagrecer mais ganha alguma coisa bacana, tipo uma caixa de chocolate! SQN!!! Kkkkkk
Bj, boa semana e boa dieta para todos!!!!

  

Plateau – Quanto os resultados não aparecem

30 Jun

Gente, quem acompanha o blog sabe que estou seguindo uma dieta de cutting, ou seja, para emagrecer, super restrita e formulada por uma atleta fitness. Além disso, estou seguindo um plano de atividades físicas para complementar a dieta.

O resultado só pode ser o sucesso, certo?
Não! Errado!

No meu caso, emagreci 1 kg do 1° para o 3° dia e depois estacionei legal. Já estou no 10° dia e emagreci menos que com qualquer outra dieta que já fiz.

Quem me conhece deve saber que não estou nem um pouco contente e a ansiedade pelos resultados está me matando.
Então, para não me martirizar, resolvi dar uma pesquisada sobre os motivos para as dietas não darem resultados e abaixo segue o que encontrei:

1) Auto-defesa do corpo: as vezes o corpo estoca gordura quando se vê em uma situação de grande privação alimentar. Não deveria ser o caso, pois apesar de rígida, nessa dieta não se passa fome e não se come menos de 1.200 calorias.

2) ganho de massa magra: os músculos pesam mais que a gordura e, se vc troca gordura por musculo, o peso pode até aumentar. Também não é o caso, pois com menos de 2 semanas de dieta é impossível fazer essa troca brusca de gordura por musculo, a não ser que eu usasse anabolizantes como complemento (o que definitivamente não se aplica!)

3) Inchaço: posso estar passando por uma fase de inchaço, ocasionado por vários fatores como: falta de fibras na dieta ou falta de água, que dificultam o funcionamento do intestino, período próximo a menstruação e uso excessivo de sal.
Fibras a dieta tem bastante. Água, estou bebendo pelo menos 2 litros ao dia. Sal, sempre comi muito. Já a questão da menstruação, essa sim se aplica. Fiquei menstruada no domingo e isso pode ter gerado um inchaço a partir da sexta-feira. Se for esse o caso, na sexta que vem o inchaço já deverá ter ido embora.

4) Metabolismo: tem gente que emagrece super rápido e tem gente que demora mais. A diferença está no metabolismo de cada um. Se seu metabolismo está muito lento, realmente os quilinhos vão demorar pra ir embora. Porém, se a dieta for bem feita, não tem como não perder peso, mesmo que demore.
Esse tbm poderia ser o meu caso, mas como estou tomando vários suplementos que auxiliam a aumentar o metabolismo, incluindo termogênico, não acho que é a resposta.

Concluindo: não terei como descobrir exatamente o que é. Só posso supor que realmente seja um problema de inchaço pelo qual as mulheres passam todos os meses. Rsss

Se vc está passando pela mesma situação que eu, siga a dica: não se desespere! Tente analisar os possíveis porques desse plateau e pense que é melhor não ter resultado nenhum do que ter um resultado negativo (que é provavelmente o que acontecerá se vc jogar tudo pro alto).
Além disso, pense que se vc quer resultados para toda a vida, não pode ser tão imediatista.

E para tentar reverter a situação, aqui vão algumas dicas muito úteis:

– Capriche na água e nas fibras (coma mto alface e brócolis, pois são low carb e cheio de fibras),
– Diminua o sal,
– Inclua o HIIT no seu treino, pois é o que mais acelera o metabolismo (tem um post aqui no blog à respeito),
– Durma bem (está provado: quem dorme mais, emagrece mais rápido),
– Não pule refeições, evitando comer demais em certas horas e de menos em outras,
– Capriche nas proteínas magras (frango, peixe e carne vermelha magra) e nas gorduras boas (amêndoas, azeite, abacate, óleo de coco, etc), que aumentam a saciedade e ajudam a diminuir a gula,
– Não se pese todos os dias pra não pirar! Se está seguindo a dieta e os treinos direitinhos, não tem porque ficar neura na balança. Se pese 1 vez na semana e, de preferencia, quando se sentir leve e desinchada. Para que se pesar nos momentos de inchaço? Para se punir? Sai dessa, hein?!

E lembre-se: nada como seguir um plano de dieta e exercícios orientado por um profissional.
Todos achamos que sabemos montar dietas como ninguém, mas na prática não é assim. Um bom profissional pode te indicar soluções que vc nunca imaginou (e que farão a diferença na perda daqueles últimos quilinhos!).

Os piores looks de academia

24 Jun

Hoje vou sair um pouco do tópico da minha dieta de cutting (que por sinal vai muito bem, obrigada!) pra falar de um assunto mais leve e até engraçado: roupas que a galera usa na academia que deveriam ser banidas.

Resolvi escrever sobre isso porque é algo que eu penso diariamente quando vou a academia. É incrível como tem gente que perdeu totalmente a noção do ridículo e praticamente pede para que os outros tirem sarro. Na semana passada, por exemplo, fui a uma aula de circuito e na sala ao lado estava rolando uma aula de dança super animada e bombando de mulheres na faixa dos 40 anos. Como as salas são separadas apenas por um vidro, logo comecei a reparar na aula de dança e em segundos percebi que metade das mulheres estava usando polaina. Acho meio ridículo, ainda mais quando faz o calor que fazia naquele dia, mas beleza. Era uma aula de dança e a mulherada provavelmente queria se sentir no clima de uma aula em uma academia de ballet. Mas foi então que vi “o ser” que estava bem na fila da frente, dançando como se o mundo fosse acabar. Uma mulher já na meia idade com uma roupa de garotinha de 12 anos no treino de tênis. Top rosa, sainha rosa bem curta, polaina (obvio!) e pasmem: bonezinho rosa! Me deu muita vergonha alheia e tentei nem olhar mais para ela. Segui no meu treino de circuito. Foi então que, no intervalo da segunda volta do circuito, um cara que estava na minha sala comentou sobre a animação na sala do lado e uma menina não se conteve e comentou: “bem animada mesmo, principalmente a tiazinha com complexo de barbie”. Lógico que todo mundo começou a rir, incluindo o professor, e foi a brecha para todos começarem a comentar o look da mulher. Nossa, a orelha dela deve ter queimado. E no final de 2 minutos só criticando o look da coitada, a conclusão da sala foi de que ela provavelmente era carioca, já que as cariocas são meio sem noção com roupa de academia.

Hoje, o mesmo tipo de situação voltou a se repetir. Estava na sala de musculação e surge uma mulher bizarra, mega forte, com um tope ridículo, cheio de recortes no tecido e com uma manga comprida com estampa de onça. Pelo amor de Deus!!!! Da onde a mulher tirou aquele tope? Mais uma vez senti aquela baita vergonha alheia.

Continuei treinando e fui reparando que todo mundo da academia ficava olhando pra mulher. Foi até constrangedor.

E praticamente todos os dias me deparo com situações como essa e me pergunto se essas mulheres não tem espelho em casa (ou pelo menos um marido que dê um toque!).

E sabe o que eu já saquei?: que normalmente as mulheres com mais auto-confiança são as que mais pecam no look. Talvez por se acharem muito gostosas e quererem mostrar o corpo a qualquer custo. A tiazinha com complexo de Barbie tinha o corpo até que bem bacana. Com uma roupa normal, ficaria super bem.

Outro exemplo: as panicats. Vcs já perceberam que elas só treinam com aqueles macacões que são a coisa mais feia da face da terra? Porque, meu Deus?

Esses macacões, junto com as polainas e o animal print exagerado deveriam ser proibidos. Todo mundo acha feio, só quem usa que não.

E para fechar esse post que tem um “q” de revolta, seguem as fotos mais medonhas de look fitness que encontrei na internet.

1) A mulher que foi engolida por um animal não identificado (ou foi ela quem engoliu o animal?).
Detalhes dos meiões. Outro item da lista dos mais ridículos.

Look 2

2) Macacão com um ombro só? Não dá! Duas coisas horrorosas em um modelito só.
Não dá pra ver muito bem na foto, mas o meião dela vai até o joelho. Ou será que é uma polaina? OMG!

Look 5

3) Top com recorte em coração. Puta que pariu! Jura que tem gente que compra isso?
A calça rosa bebê combinando fecha o look com chave de ouro.

 

top medonho

 

4) Animal print exagerado com polaina até o joelho que mais parece uma bota.
Será que essa polaina aumenta a performance? Só pode ser! Não tem outra explicação que justifique essa falta de gosto.

Look 4

 

5)  Essa não tem nem como comentar. Ganhou o troféu “Pior vestida da academia”.
Não sei nem o que é pior: macacão com sainha rosa ou o tênis com saldo interno, também rosa.
Jura que tem coragem pra pisar fora de casa com essas roupas? Pelo amor de Deus!!!!! Essa garota não tem amigas?

Look 3

 

OBS: Não tenho nada contra nenhuma dessas meninas das fotos que selecionei, só aconselho fortemente que elas revejam seus conceitos em relação a moda fitness.
Não dá, né mulherada?!!!!!

Dieta Cutting: 4 dias seguindo a risca

23 Jun

Estou finalizando meu quarto dia de dieta cutting e o saldo eh super positivo.
Apesar deu so estar iniciando a suplementacao hoje, ja perdi mais 1 quilinho (agora são 2 no total). Provavelmente esse peso eh de líquidos, mas ja ajuda a afinar um pouco a silhueta e a animar pro resto do mês.

Em 4 dias ja me acostumei com o cardápio e confesso que hoje senti muito prazer em fazer minhas refeições, algo que achei que não aconteceria. Minha refeição 3, por exemplo, podia comer de joelhos: 100gr de franguinho Korin desfiado, 60gr de arroz, brócolis, cenoura e vagem.
Hummmm!!!! Tava bom!

Em relação ao treino, ta bem bacana. Sao 4 treinos de musculação divididos em:
1) Membros inferiores
2) Peito, deltoides e biceps
3) Gluteos
4) Dorsais, posteriores e triceps.
E depois de cada treino (que duram em media 30-35 minutos) tem 40 minutos de caminhada na esteira na inclinação maxima. E eh ai que o baixo pega e da uma suadeira dos infernos. Apesar da caminhada ser bem lenta, da pra sentir que o metabolismo fica a mil. Fora que trabalha pernas e glúteos pra caramba!

Ah! Hoje eu tbm comecei a tomar os suplementos: Ioimbina, Vitamina E e C, Picolinato de Cromo, Acido Alfa Lipoico e DSX Black (um termogenico manipulado a medida).

Ja digo de bate-pronto que a Ioimbina foi a grande surpresa: uma substancia capaz de derreter a gordura teimosa e que da um gas no metabolismo impressionante.
Esta manha tomei 1 capsula em jejum e nem precisei do termogênico pra ficar no gas.
Acho que no longo prazo ela ajudara bastante nos resultados.

Mas os detalhes desse e dos outros suplementos eu contarei pouco a pouco, em meus próximos posts. Aguardem que pretendo ir atras de tudo quanto eh estudo interessante sobre treinamento, suplementos e dietas de cutting em geral, para dar uma luz para quem esta tentando seguir uma dieta desse tipo e precisa de dicas (como eu!!!!).
Se os leitores começarem a interagir, melhor ainda! A duvida de um pode ser a do outro e, se juntarmos um grupo bacana interessado nesse tipo de dieta, da ate pra lançar um desafio em grupo. Seria demais!
Porem, apesar do numero alto de visitas que recebo diariamente, recebo muito poucos comentários. Adoraria ver algum post bombar de duvidas, sugestões e ate mesmo criticas.
Interessados em contribuir com a causa???? Kkkkkk

Maybe one day!!!!

Beijo da gorda! (SQN)

 

Primeiros dias da minha dieta para Cutting

22 Jun

Olá seguidores da minha odisseia! (Se é que existe algum além da meia dúzia de amigos que me seguem…rssss)

Havia programado para começar a minha dieta no domingo, mas acabei recebendo meu plano personalizado no sábado e resolvi começar antes. Também pudera, na sexta eu comi tanto, mas tanto, que o mais sensato foi começar a dieta o quanto antes.

Realmente sexta-feira foi um desastre. E se vc acha que eu devo estar exagerando (como minha amiga Mari), aqui vai uma lista só do que me lembro que comi:
– 1 saco inteiro de granola (que tem mais de 1000 calorias),
– 1 saco de balinha de frutas dessas que parecem um confete e são bem doces (umas 250 calorias),
– 1 prato de caminhoneiro no self-servisse (umas 700 calorias),
– 1/2 garrafa de vinho tinto (600-700 cal),
– 1 prato de risoto (800 calorias)
– E, pra fechar o dia com chave de ouro: sobremesa de chocolate (500 calorias).

Só que eu consigo contabilizar, foram mais de 3.000 calorias!!!! O equivalente a 2 dias!!!!
Isso porque não malhei na sexta e tenho 1,5metros de altura. Uma nanica que come como uma draga!

Daí no sábado não deu outra: acordei com ressaca de comilança. Foi a sensação mais horrorosa do mundo! Estava inchada, dolorida e me sentindo a pessoa mais “looser” da face da terra…
Era o momento ideal para começar a dieta!!!!

Como comentei no meu post anterior, a dieta com foco em cutting, ou seja, em secar de verdade, é realmente muito rígida e só dá certo pra quem tem muita força de vontade.
São pouquíssimos alimentos, que se repetem ao longo do dia e todos os dias, e que  respeitam uma proporção exata de Carbos, proteínas e gorduras de acordo com minha idade, estatura, treino e objetivos.

Os alimentos principais são:
frango, peixe, carne moída, alface, cenoura, vagem, brócolis, aspargos, clara de ovo e whey protein.
Os complementos são: aveia (30gr na 1° refeição), arroz ou batata (60gr na 3° refeição), amêndoas (20gr na 4° refeição) e mãça-verde (1/2 unidade na 5° refeição).
Não pode de jeito nenhum: óleos, açúcar e alimentos refinados em geral.
Deve: beber 4 litros de líquidos ao dia (água, chá, clight)

Fiz uma análise nutricional e vi que, apesar de muito restrita em carbos, a dieta não é tão carente em vitaminas como pode parecer. Os vegetais somados às vitaminas que terei que ingerir a cada refeição (depois falarei disso especificamente) garantem que minhas necessidades diárias sejam supridas.
Resumindo: não é uma dieta que apresente riscos a minha saúde, desde que exista um acompanhamento e que não seja feita por um período prolongado.

Voltando aos meus primeiros 2 dias de dieta…

Até que foi tranquilo. Até almoçar fora eu almocei e consegui me manter na dieta sem muito problema.

Apenas 2 coisas me desagradaram um pouco:
1) A dieta tem muita clara de ovo, em várias refeições, e eu não consigo comer tanta clara assim. Então acabei deixando de comer em algumas refeições ou comendo menos do que poderia,
2) Não pode colocar azeite em nada, nem no alface!

No way!!!! 1 fio de azeite na minha saladinha tem que ter! Fico sem carbo, mas salada sem tempero não dá!
Incluí o azeite e não quero nem saber.
Alem disso, minhas pesquisas indicam que 1 colher de sopa ao dia pode ate ser positivo.

Outra coisa que eu percebi logo de cara: para seguir essa dieta vc tem que perder um pouco o prazer em comer e encarar as refeições apenas como simples “alimentação para o corpo”.
Viável a longo prazo? Só para quem vive do corpo e precisa estar 100% a todo o tempo, mas acho que por um mês dá pra seguir sim.
Até acho que o fato dela tirar o prazer de comer pode me ajudar a encontrar outros prazeres na vida além de comer. Atualmente 90% dos meus programas de final de semana envolvem comida e sei que não deveria ser assim. Se eu não mudar meus hábitos, não vai ter dieta que funcione no longo prazo.
Vamos torcer para que seja assim.

O saldo de 2 dias de dieta foi 1 Kg a menos, uma grande primeira vitória se não fosse o fato de que de sexta pra sábado eu ganhei 1 Kg.
Na verdade podemos dizer que a dieta está começando de verdade hoje, com a balança cravada nos 50Kg (e querendo baixar até 47,5Kg até o final do mês). Parece fácil, mas não é! Pense que eu não baixo dos 48Kg há mais de 3 anos!

Amanhã volto pra contar como foi meu 3° dia (hoje), que também é o primeiro dia que faço o treino específico para a dieta.

Beijo da gorda! (SQN!)

 

 

Desafio: Dieta Cutting

19 Jun

O ser humano é foda. Se diz inteligente, mas se tratando de dieta o buraco é um pouco mais em baixo.

Sabemos exatamente quantas calorias devemos ingerir e gastar para chegar ao peso desejado, o que é saudável e o que não é, que o açúcar deveria ser banido da face da terra e que quanto mais comermos porcarias, mais vamos querer comer.
Mesmo assim, continuamos pedalando nas dietas. Whyyyyy?????

Minha teoria é a seguinte: auto-boicote!!!

Quem nunca falou a famosa frase: “só um pedacinho não tem problema”?
Eu já falei e provavelmente 100% as mulheres tbm já falaram. Cito aqui as mulheres porque no quesito dieta os homens parecem ser um pouco mais bem resolvidos. Eles só falam em dieta quando a coisa realmente está feia.

Mas voltando ao “só um pedacinho não tem problema”….TEM PROBLEMA SIM!!! Não pelo pedacinho em si, mas pelo que isso pode fazer ao seu psicológico. Tem problema pq vc sabe que não será só um pedacinho. Nunca é apenas um pedacinho.
O pedacinho vira dois, três, quatro….Ops! E aí se vai o pacote de bolacha, a caixa de bis, a barra de chocolate e o pote de sorvete de 1 milhão de calorias por colher de sopa.

No fundo sabemos que isso vai acontecer, mas dai uma entidade baixa e toma conta da nossa mente, suspirando ao pé do seu ouvido: “Só um pedaço não tem problema. Sua vida não pode ser tão restrita. Um pedaço tem apenas 100 calorias, o mesmo que uma barra de cereal. Vc come 1, para e pronto! Não vai te engordar nada!”.
Palavras sabias e verdadeiras! Realmente nossa vida não pode ser tão restrita, certo? ERRADO!

Nós mulheres somos seres complexos e emagrecer ultrapassa a questão da calorias e dos exercícios. Emagrecer vira uma questão psicológica, com fundo emocional.

Eu sempre malhei pelo menos 5 vezes na semana e conheço tudo de alimentação saudável e balanceada. Tenho a faca e o queijo na mão, mas mesmo assim faço dieta desde os 10 anos e tenho certeza que farei até o último dos meus dias.

Isso não é porque tenho problema hormonal nem nada e sim pq no meu psicológico “ou é tudo ou é nada”. Ou eu faço dieta rígida ou eu desencano total e como igual a uma gorda de 200Kg.

Também tenho um outro habito de auto boicote: jogar tudo pro ar assim que perco os primeiros 2 quilos.
Resumindo: minhas dietas duram dois quilos!!!! kkkkkk

Perco os dois quilos e o que acontece? Relaxo, penso “só um pedacinho não tem problema porque já emagreci 2 quilos” e quando vejo já recuperei os 2 quilos e começo tudo de novo.

Obviamente em algum momento da minha vida eu fui um pouco mais permissiva e não fiquei apenas no “zero-a-zero”. Acabei ganhando uns quilinhos que nunca mais foram perdidos. E é aí que mora o perigo.
Apesar deu ter um certo controle sob meu peso, sei que quando a situação começa a degringolar demais  é hora de tomar medidas extremas e sair do ciclo dos dois quilos.

Para mim chegou um desses momentos. A famosa “dieta balanceada” não vai funcionar. Preciso de pelo menos 3 meses de dieta de choque para realmente mudar meu metabolismo e sair do “perde 2 quilos / ganha 2 quilos”. Preciso de uma dieta pra secar e ficar gostosa ao mesmo tempo.

Para isso, entrei em contato com uma velha conhecida que hoje se dedica full time ao mundo fitness e inclusive compete profissionalmente, para que ela me ajudasse com uma consultoria em dieta e treinamento, me passando um plano de 1 mês para baixar em uns 3% meu porcentual de gordura (podendo ser estendida por mais 1 ou 2 meses se for o caso).
Parece pouco, ne? Mas quem ja fez dieta de cutting sabe que o buraco e mais embaixo.

O plano deve ficar pronto no domingo, por isso hoje e amanhã a comilança tá liberada (e provavelmente ganharei os 2 quilos!Rsss), mas no domingo o bicho vai pegar e eu fazer meu corpo voltar ao que era antes da minha gravidez. Barriga zero gordura e metabolismo a mil!

Volto para contar as novidades….

Voltando a velha forma estando mais velha. Como???

20 May

Como? Essa é a pergunta que não quer calar.

Os anos passaram e vc está mais velha. Sua rotina mudou completamente, assim como suas prioridades.

Falta tempo e sobra stress. Stress com o trabalho, com a administração da casa, com os filhos…

No final do dia você é só o bagaço, e essa sensação de esgotamento muitas vezes só é sanada em frente à TV, comendo alguma coisa bem doce e cheia de gordura, afinal, é o que conforta!

Para piorar, a comida que você está botando para dentro, para conseguir “relaxar”, só será perdida com muito custo, afinal, você está mais velha! Daí vc fica mais tensa ainda e precisa de mais comida para relaxar. Um ciclo vicioso.

Pensando em todos esses pontos, é de se entender porque muitas mulheres “embarangam” depois que casam e tem filhos, na faixa dos 30-40 anos. Mas será que quem um dia foi “top” vai se contentar com um corpo “meia boca”? Em usar calça de moletom o fim de semana inteiro? Não tenho nada contra calças de moletom, mas é o primeiro indício de que a mulher deixou de se amar, que não está confortável com seu corpo.

cartoon_gorda_espelho

Eu sou uma dessas mulheres e falo com conhecimento de causa.
Desde que ganhei bebê parece que minha vida virou de cabeça para baixo e está muito difícil recuperar minha boa e velha forma. Até cheguei a perder tudo que eu ganhei na gravidez, mesmo pq foram apenas 8,5kg, mas logo em seguida recuperei 2 desses quilos (que ainda não perdi). Parece pouco, né? Certeza que alguém vai ler e falar: “Nossa, que menina neurótica!”. Mas é aí que todos se enganam. Antes de engravidar, há 1 ano e meio atrás, eu tinha um  porcentual de gordura bem baixo e meu peso era de pura massa magra. No meu auge, quando eu puxava muito ferro e fazia as dietas low-carb, eu pesava 47-48Kg e tinha apenas 12-14% de gordura. Hoje, estou com tristes 52Kg e 23% de gordura. Chocante….

Então volto a pergunta do princípio: como fazer para quebrar esse ciclo e voltar a boa forma, mesmo tendo uma rotina (e idade!) que não contribuem?

Bom, para cada pessoa existe uma fórmula diferente, porém existem 4 coisas que são essenciais e que, sem elas, será muito complicado recuperar o corpão. São elas:

1.Dieta regrada: independentemente do tipo de dieta que cai melhor para vc, é essencial que ela seja seguida a ferro e fogo, inclusive aos finais de semana. Precisa de vida social para ser feliz e não consegue se controlar em restaurantes? Permita-se 1 refeição livre por semana. Isso é mais que suficiente para te deixar feliz e ao mesmo tempo não comprometer todo o esforço nos outros dias. Quer beber álcool? Um copinho ou dois também não vão matar, mas esteja ciente que bebidas alcoólicas abrem o apetite.
Agora, se você é o que todos chamam de “formiguinha”, saiba que o açúcar é um verdadeiro veneno e inclusive contribui para o envelhecimento precoce. Sim! Além de engordar sem trazer nenhum benefício a saúde, ele fará vc envelhecer mais rápido. Por isso, comece a se contentar com frutas e deixe o doce para sua refeição livre do fim de semana. Uma dica: compre nibs de cacau e coloque umas gotinhas de adoçante. Fica com o gostinho de chocolate, tem todos os benefícios do chocolate, mas não tem a gordura e o açúcar de um chocolate.

2.Exercícios pelo menos 5 vezes por semana, incluindo sessões de musculação: depois dos 30, só a dieta não funciona mais. Além disso, o corpo inicia um processo natural de perda de massa magra (músculos), então ficar só na esteira também não vai adiantar. Faça musculação e invista em sessões de malhação mais curtas, porém mais intensas. Dessa forma vc ativará seu metabolismo e conseguirá encaixar a malhação na sua agenda apertada. Nos meus posts sobre treino em circuito e HIIT dá pra pegar algumas dicas.
Tá com bebê pequeno e não tem quem fique com ele para poder malhar? Invista na malhação em casa! Dá inclusive para usar o bebê como acessório para a malhação. Você se exercita e seu bebê fica feliz da vida. Combinação perfeita!!!
Tem um montão de vídeos na internet da mulherada malhando com bebês. É só procurar que vc encontrará várias dicas de como montar seu treino.

3.Distrações/hobbies para as horas vagas: Nossa mente é poderosa e, da mesma forma como consegue nos jogar pra cima, tbm pode nos levar para o buraco. Por isso, mantenha sua mente ocupada e funcionando a seu favor. Não dê brechas para que seu cérebro comece a maquinar besteiras. Sobrou um tempinho no final de semana? Não fique em frente da TV. Saia para uma volta com seu filho ou cachorro, entre na internet e faça uma pesquisa sobre temas de seu interesse, entre embaixo do chuveiro e tome aquela ducha ouvindo suas músicas prediletas. As opções são muitas, só não vale não fazer nada e ficar pensando em dieta e nos quilos que falta perder porque, por incrível que pareça, esse tipo de pensamento dá fome. Dieta é pra fazer e não para pensar. Simples assim.

4.Beba muita água: de todas as dicas de ouro, é a mais simples de seguir. Mas não se engane com a simplicidade desse ato, pois beber agua em abundância gera alguns dos efeitos mais notáveis em nosso corpo. Seu intestino funcionará melhor, evitando o abdome proeminente, ajuda a aumentar a elasticidade da pele que, com a idade, vai ficando mais flácida, diminui a fome e, para completar, não pesa no seu bolso. Leve uma garrafinha para onde for e consuma no mínimo 2 litros todos os dias.

Com essas dicas e muita força de vontade (reforço: a cabeça manda no corpo!) dá pra voltar a velha forma ou, pelo menos, voltar a uma melhor forma.

Relembro que não sou nutricionista e nem personal trainner. Sou apenas uma apaixonada pelo assunto e só indico o que já me foi indicado por algum profissional ou então o que eu mesma já testei e funcionou. Se você quiser seguir um plano personalizado para suas necessidades, sem correr o risco de comprometer a saúde, marque uma consulta com um nutricionista e monte um treino com um professional. Com certeza valerá a pena!