Um treino pra chamar de seu

19 Aug

Hoje era pra eu treinar membros superiores, mas como amanhã é dia de pesar (e preciso muito emagrecer!) achei melhor apostar em um treino matador é que queimasse o máximo de calorias, mesclando Hiit, circuito funcional e exercícios localizados sem peso, mas fazendo várias repetições (até queimar!).

No final montei um treino de 60 minutos que ficou a minha cara e que realmente foi matador. Suei em bicas, tremi de tanto que meu músculo foi a exaustão e até dei aqueles gritos que os halterofilistas dão, pois realmente dei o máximo de mim. 

O resultado foi aquela sensação maravilhosa de “eu consegui!”. Terminei o treino com um sorriso no rosto, a roupa completamente molhada e o rosto roxo. Missão cumprida.

Essa é a beleza de montar seu próprio treino. Por pior que ele seja, ele é seu e é questão de honra vc fazê-lo até o fim. Fora que com o treino personalizado vc consegue colocar os exercícios que sabe que fazem mais efeitos pra vc, pois quem gosta de malhar e já malha há algum tempo sabe exatamente quais são os melhores exercícios. Só não vale se enganar e montar um treino fraco. 

Mas se vc acha que ainda não está pronto pra montar seu próprio treino matador, aposte nessas dicas:

1) Divida seu treino em partes (3 a 5 partes, de 10 a 25 minutos cada), onde cada parte deve funcionar como um treino completo. Isso torna o treino mais dinâmico, pois vc mudará o estímulo constantemente e não enjoará.

2) Busque mesclar estímulos diferentes: aeróbico, musculação, funcional, etc. Assim, vc trabalha seu corpo por completo. O ideal é mesclar um ciclo de exercícios mais intenso com um mais “light”, te permitindo chegar até o final.

3) Não treine sem um cronômetro, música e água. O cronômetro te guiará, a música te dará motivação e a água não deixará que vc se desidrate (principalmente se estiver fazendo calor e vc treinar ao ar livre).

Tá meio sem ideia? Segue meu treino de hoje pra inspirar então:

1° parte – 20 minutos de Hiit na esteira (1,15 minutos de intensidade moderada pra 1 minuto de alta intensidade)

2° parte – 20 minutos de exercícios de musculação com ênfase em membros superiores combinados com exercícios aeróbicos (3 séries de 1 minuto de cada, sem intervalos – ex: triceps na polia combinado com boxe, flexão combinada com jump e puxada aberta combinada com corda)

3° parte – 10 minutos de circuito funcional (4 movimentos, 20 segundos cada e com intervalo de 10 segundos entre eles –  burpees, mountain climber, corrida alta e polichinelo)

4° parte – 10 minutos de circuito para membros inferiores (fiz cerca de 10 exercícios, todos sem peso, de 20 a 30 repetições de cada, sendo que a maioria era unilateral – afundo com salto, afundo com chute, agachamento com salto, agachamento sumô, gluteos 4 apoios, glúteo “cachorrinho”, stiff unilateral, elevação de quadril e frog jump)

Já deu pra sentir que foi pesado, né? Mas como estava motivada e com pique, fiz tudo certinho e fui até o final sem choramingar.

Agora é a sua vez! Vc já tem as dicas então pegue um papel e uma caneta e monte seu treino de amanhã.

Mas atenção!!!! Não monte seu próprio treino se vc é iniciante e não sabe como executar perfeitamente os movimentos. Esse tipo de treino pode ser mto perigoso se vc não estiver preparada para ele. Se é seu caso, prefira pedir que o instrutor da sua academia monte um treino pra vc. 

Antes da forma física está sua saúde e um treino mal feito pode levar a uma contusão que pode te tirar da ativa por muito tempo. Daí o tiro sai pela culatra!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: